A fundação da Cidade Industrial de Curitiba foi em 08 de julho de 1973. O maior e mais populoso bairro é um projeto entre a URBS, empresa pertencente à prefeitura e o Governo do Estado. O objetivo era atrair indústrias, mas, nos anos 60 já existiam planos para criar uma área reservada às indústrias na capital paranaense.

O pico da atividade industrial foi na década de 90. Com quase 8 mil empresas, 28 mil empregos diretos e 79 mil indiretos, a CIC é um dos maiores polos industriais do país. Embora tenha a palavra industrial do nome, a indústria não predomina. A atividade econômica da Cidade Industrial de Curitiba é dividida da seguinte forma: 32% serviços, 46% comércio, 22% indústria e 1% representa outras atividades. Tantos segmentos reunidos fazem de Curitiba a 5ª cidade mais rica do Brasil, de acordo com dados do IBGE de 2015.

Por dentro da maior e mais populosa área de Curitiba

A cidade de Curitiba tem área de 43.467 hectares, desses, 4.431 pertencem a CIC que representa10,19% do território curitibano. Segundo o Censo Demográfico do IBGE de 2010, a população da Cidade Industrial de Curitiba está em 172.822 habitantes. Eles estão divididos entre a CIC Norte (Jd. Gabianeto, Vila Augusta, etc.) CIC Sul (Vitória Régia, Vila Verde, etc.) e CIC Central (Barigui, Caiuá, etc.).

Muitos habitantes estão em ocupações irregulares, incluindo Áreas de Preservação Ambiental. Ainda de acordo com o IBGE são 48,46% homens e 51,54% mulheres. A idade medida gira em torno dos 29 anos e a renda per capita dessa população está entre R$1.745,00 a R$2.163,27.

Não há consenso sobre o número de bairros da CIC. Em entrevista de 2006 ao jornal Gazeta do Povo, José Dirceu de Matos e Nadir Machado, ambos da prefeitura de Curitiba chegaram ao número de 83 vilas. Acontece que Curitiba tem 75 bairros, então como a CIC pode ter mais bairros que a cidade? A explicação é que algumas vilas estão em áreas irregulares e outras têm apenas duas quadras. Conheça as principais ruas e bairros da Cidade Industrial de Curitiba:

Ruas/Avenidas

  • Avenida Juscelino Kubitschek de Oliveira
  • Avenida das Indústrias
  • Estrada Velha do Barigui
  • Rodovia do Xisto
  • Rua Professor Algacyr Munhoz Mader
  • Rua Raul Pompéia
  • Rua Desembargador Cid Campelo
  • Rua Pedro Gusso
  • Rua João Dembinski
  • Rua Eduardo Sprada
  • Rua João Bettega
  • Rua João Lunardelli
  • Rua João Chede
  • Rua Senador Accioly Filho

Educação e saúde na Cidade Industrial de Curitiba

Os moradores da CIC têm boas escolas públicas e privadas. Fundada em 1977, a Escola Estadual Ivo Leão tem ensino fundamental e médio, sendo considerada referência de qualidade. A escola está na Rua Nossa Senhora da Cabeça, 1183. O bairro também possui faculdades, como a Faculdade Anchieta com cursos nas áreas de humanas e exatas. A instituição está localizada na Rua Pedro Gusso, 4150. Já a Unidade Municipal de Saúde Oswaldo Cruz é a porta de entrada o serviço de saúde pública. O posto fica na Rua Pedro Gusso, 3497.

Terminais de ônibus da Cidade Industrial de Curitiba

A CIC está distante do centro de Curitiba, mas, possui boa rede de ônibus. Conheça alguns dos terminais de ônibus da Cidade Industrial de Curitiba:

  • Terminal CIC;
  • Terminal Caiuá;
  • Terminal Campo Comprido;
  • Terminal Fazendinha;
  • Terminal Capão Raso.

Áreas de lazer na Cidade Industrial de Curitiba

A CIC tem uma interessante área de gastronomia chamada Batha Bhaya. O local reúne restaurantes japoneses, mexicanos e de outras nacionalidades. Mas, também dá para comer sanduíches, pizzas e porções. O Batha Bhaya está na Rua Pedro Gusso, 4017. Mas, as áreas verdes são as grandes opções de lazer da CIC. Conheça 5 parques da Cidade Industrial de Curitiba:

  1. Parque Trabalhadores

Inaugurado em 1996, o Parque Trabalhadores homenageia os trabalhadores curitibanos. Tem duas áreas de bosques, totalizando 192.016 m2. Os destaques vegetais são a imbuia, pinheiro-bravo, pinheiro-do-paraná e erva mate. Já a fauna conta com sabiá-branco, sabiá-vermelho, pomba de asa branca, entre outras espécies.

A infraestrutura conta com estacionamento, banheiros, playground, churrasqueiras, pistas para caminhada e canchas de vôlei e futebol. O Parque Trabalhadores fica na Rua Manoel Waldomiro de Macedo e funciona gratuitamente de segunda a domingo. Para chegar, use o ônibus Interbairros IV sentido Pinheirinho CIC.

  1. Parque Diadema

Inaugurado em 1994, o Parque Diadema está no Conjunto Habitacional Diadema. Com 112.000 m2 de área, forma com o Parque Caiuá e o Parque dos Tropeiros um complexo de proteção ambiental. A flora do parque incluí araucárias, carvalho-brasileiro, pinheiro-bravo, entre outras espécies.  Já a fauna conta com sabiá-vermelho, sabiá-branco, quero-quero, bem-te-vi, entre outras espécies.

Os frequentadores têm playground e canchas de vôlei e futebol à disposição. O Parque Diadema fica na Avenida Juscelino Kubitschek de Oliveira e compreende também as ruas Vale dos Pássaros, Maria Lucia Locher de Athayde e Antônio Dionísio. Funciona de segunda e domingo e a entrada é gratuita.

  1. Parque Caiuá

Também entregue em 1994, fica próximo ao Conjunto Habitacional Caiuá. Tem 46.000 m2 de área e tem as mesmas espécies de flora e fauna do Parque Diadema. O Caiuá também possui playground e conta ainda com campo de futebol de grama, além de canchas de futebol de areia e de vôlei. O Parque Caiuá fica na Avenida Juscelino Kubitschek de Oliveira e compreende também as ruas Marcos Antônio Malucelii e Pedro Driessen Filho. Funciona de segunda e domingo e a entrada é gratuita.

  1. Bosque São Nicolau

Entregue no ano 2000, o Bosque São Nicolau está próximo ao Moradias Sabará, Moradias Sevilha e Moradias Diadema. São 20.520 m2 de vegetação nativa com araucárias, imbuias, pinheiro-do-paraná, pinheiro-bravo e erva mate. Já a fauna tem sabiás, bem-te-vi, quero-quero, gavião carijó, entre outras espécies.

A infraestrutura conta com sanitários, playground, mirante, pista de caminhada com 1.100 metros, lago, além de canchas de futebol de areia. O Bosque São Nicolau funciona de segunda a domingo e a entrada é gratuita. Para chegar, use os ônibus Alimentador Vila Marisa (Terminal Caiuá), Alimentador Sabará (Terminal CIC) e Alimentador Frigorífico – Parque dos Tropeiros (Terminal Caiuá).

  1. Parque Mané Garrincha

Inaugurado em 21 de setembro de 2014 (Dia da Árvore), o Parque Mané Garrincha tem 120 mil m2. A área integra o programa “Rio Parque”, programa da prefeitura que integrará o Mané Garrincha aos demais parques ao longo do Rio Barigui, Cambuí, Guairacá, Tingui, Barigui e Tanguá. O Parque Mané Garrincha tem 4 km de pistas para pedestres e ciclistas, pista de skate, playground e canchas de vôlei de praia e futebol. O parque funciona de segunda a domingo, gratuitamente.

Você conhece a história e curiosidades sobre a Cidade Industrial de Curitiba? Acompanhe o site Top 10 Curitiba e fique por dentro da história dos bairros curitibanos.

Empresas no Bairro CIC

Desentupidora CIC

Deixe uma resposta