O Centro Cívico é um bairro onde estão localizados os principais prédios governamentais.

O significado do nome é “Centro do Cidadão”, se interpretado melhor vem a significar “centro onde re resolvem os assuntos relacionados ao cidadão”.

Clique para ampliar o mapa do Centro Cívico

Clique para ampliar o mapa do Centro Cívico

O nome do bairro surgiu nos anos 40, pelo urbanista francês Alfred Agache, que quando estava propondo um novo plano urbano de Curitiba, sugeriu a criação do centro cívico. O Plano Agache tinha a área como a ideia de uma praça com características especiais, com prédios designados aos órgãos da administração Estadual, para ter uma função além de ser centro de comando, e ser chamada também “sala de visita da cidade”.

Logo no começo dos anos 50, o engenheiro civil Bento Munhoz da Rocha Neto acabava de assumir o governo do Estado e  quis que tivesse um lugar especial aos altos órgãos da administração Estadual. A ideia dele era inaugurar vários prédios públicos para marcar o centenário da criação do Estado do Paraná, que aconteceria em 1953.

O projeto do bairro foi inspirado nos “civic centers” americanos e foi também o primeiro do Brasil. Hoje o Palácio Iguaçu é a principal construção do centro administrativo da cidade.

No começo da década de 50, as obras do Centro Cívico foram alvo de discussões na imprensa, na política e entre a população. Era normal estudantes de Engenharia do Brasil inteiro visitarem o terreno das obras. Havia até um livro de terreno no local, que cada visitante deixava um recado, na maioria das vezes elogiando e depois era divulgado na imprensa. Contudo, uma parte da imprensa e dos paranaenses criticava o luxo das obras e as chamavam de “palácios da elite”. Foi publicada no jornal Gazeta do Povo, na edição do dia 31 de outubro de 1951, uma matéria com as letras grandes estampadas: “CURITIBA DISPENSA OS PALÁCIOS!”

As obras foram iniciadas em 1951 e inauguradas em 1953, mas foi só em 1968 que o atual nome do bairro foi oficializado.

Apesar do Centro Cívico de Curitiba não conter todas as Secretarias de Estado estaduais, como era no plano original, a inauguração do Palácio das Araucárias em 2007 e a reforma do Palácio Iguaçu revitalizaram o bairro como sede dos principais órgãos do Governo Estadual.

 

Área: 0,97 km²

População: 4.767 habitantes

Deixe uma resposta